Caravana da saúde fará cirurgias entre outubro a dezembro

0
- Publicidade -

SES (Secretaria de Estado de Saúde) realiza entre outubro e dezembro deste ano mais uma ação da Caravana da Saúde. Desta vez o programa irá atender pacientes de todo Estado que aguardam por cirurgias eletivas, aquelas que são agendadas e não possuem caráter de urgência. O Governo do Estado destinou R$ 5,5 milhões para a realização dos procedimentos cirúrgicos que vão acontecer nos hospitais que aderirem à ação.

Conforme explicou o secretário de Saúde, Geraldo Resende, serão realizadas intervenções nas especialidades de cirurgia vascular, ginecologia, urologia, otorrinolaringologia, traumato-ortopedia e cirurgias gerais (abdominal, trauma e videolaroscopia). Resende disse ainda que o intuito é reduzir o tempo de espera por cirurgias.

“A Caravana da Saúde que vamos promover entre outubro e dezembro é uma versão que tem como objetivo diminuir as filas de espera em cirurgias eletivas nas áreas de ginecologia,  cirurgia vascular, urologia, otorrinolaringologia, traumato-ortopedia e cirurgia geral. Qualquer hospital situado nas sedes de macrorregiões (Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas), ou seja, em todo Estado, que tenha a estrutura necessária, poderá se credenciar”, afirmou Resende.

Conforme publicação no Diário Oficial, os hospitais interessados em participar devem fazer adesão ao Programa Estadual de Cirurgias Eletivas: Caravana da Saúde de Cirurgias Eletivas, no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). A ação poderá ser realizada por meio de mutirões.

A regulação do acesso dos pacientes, o agendamento e a realização dos procedimentos deverão considerar preferencialmente a fila de espera registrada na Central de Regulação, a qual deve considerar tanto a ordem de ingresso, bem como critérios clínicos que justifiquem a priorização.

- Publicidade -
COMPARTILHAR